Distrações que roubam a Palavra do nosso coração

Existem distrações sutis que servem para roubar a Palavra de nós

quando a palavra e roubada

Créditos: Wesley Almeida/Canção Nova

Naquele tempo, disse Jesus: “Com quem hei de comparar os homens desta geração? Com quem eles se parecem?” (Lc 7,31). Não pense apenas naquela geração de Jesus, pense na geração de hoje, porque, talvez, você esteja em situação pior do que a deles.

Jesus também disse: “Tocamos flauta para vós e não dançastes; fizemos lamentações e não chorastes!” (Lc 7,32), ou seja, não sabemos o que queremos ou o que fazemos.
Muitas vezes, as pessoas ouvem uma pregação e se entusiasmam, mas, em seguida, assistem a uma novela, escutam uma música do mundo e tudo o que aprenderam da Palavra de Deus se perde. Lêem um livro de espiritualidade ou o Evangelho e isso faz nascer no coração delas um desejo de dedicar-se a Deus, mas depois assistem aos programas de TV, rádio e se esvaziam novamente. Não sabem o que querem, mas a solução para isso está no amor.

O amor não deixa que nós, depois de limpos, venhamos a nos sujar novamente. Se você quer amar de verdade, não fará o que sugestionam as novelas e programas mundanos.

 

Seu irmão,
Monsenhor Jonas Abib

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.