O jovem busca a liberdade ou a escravidão?

Muitas vezes, o jovem confunde liberdade com escravidão

o_jovem_busca_a_liberdade_ou_a_escravidao
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Quantos jovens precisam se recuperar, quantos estão por aí perdidos! O pecado é como uma picada de cobra, cujo veneno leva à morte. Aquele que entra pelo caminho do pecado acaba se tornando escravo dele. Quantos jovens dizem que são livres, mas, na verdade, estão se tornando escravos do pecado, do vício e do álcool? São escravos da própria sexualidade, das drogas e da pornografia. Quantas meninas também há por aí que não vivem sem essas coisas!

O que Deus criou de mais lindo foi a sexualidade, um meio maravilhoso dado por Ele ao casal, a fim de que se unam e se amem, mas o inimigo do Senhor a pegou [sexualidade] e a jogou na lama.

Você que é jovem tem toda a oportunidade de se livrar desses vícios que o estão destruindo. É preciso ser franco, porque o próprio Jesus afirma no Evangelho: “Se permanecerdes na minha palavra, sereis verdadeiramente meus discípulos, e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” (João 8,31-32).

A Canção Nova é um meio de evangelização, especialmente para os jovens, mas Deus foi estendendo isso aos adultos. Nós somos evangelizadores e vivemos para isso; não podemos nos enganar com as falsas liberdades.

Os pais precisam ter muito juízo e não facilitar as coisas para seus filhos. Quantos pais permitem que seus filhos durmam no quarto da namorada (e vice-versa) com toda a liberdade! Perderam totalmente a noção de paternidade, de filiação e de sexo. É possível reverter essa situação, mas é preciso que muitos assumam a verdade da Palavra de Deus.

“Se permanecerdes na minha palavra, sereis verdadeiramente meus discípulos, e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertarᔠ(Jo 8,31-32). É isso o que Deus quer para você e para muita gente. Una-se a nós.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Seu irmão,

Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova

:. O que o impede de alçar voo?
:. Em busca da liberdade interior

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.