:: "Dá-me tuas tristezas"

:: Ouça aqui esta palestra
 

“A tristeza sempre nos rodeia, mas não podemos nos deixar ser levados por ela!

“Não entregues tua alma à tristeza, não atormentes a ti mesmo em teus pensamentos. A alegria do coração é a vida do homem, e um inesgotável tesouro de santidade. A alegria do homem torna mais longa a sua vida. Tem compaixão de tua alma, torna-te agradável a Deus, e sê firme; concentra teu coração na santidade, e afasta a tristeza para longe de ti, pois a tristeza matou a muitos, e não há nela utilidade alguma”” (Eclesiástico 30,22). Essa é uma palavra de ordem [“não entregues tua alma à tristeza”] que o Senhor nos dá.

Nós brasileiros somos muito afetivos e muito sentimentais e gostamos de “curtir” uma tristeza. Observe nossas músicas de raiz, elas cultivam a saudade e até mesmo a traição. Isso é o oposto do que o Evangelho nos ensina.


Transcrição: Maurício Rebouças

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.