Os adoradores são guerreiros

Deus procura verdadeiros adoradores

Ser adorador é algo que exige tanta fidelidade, tanta dedicação, tanta consagração que, infelizmente, acabam sendo poucos os adoradores e menos ainda os verdadeiros adoradores.

“O espírito do Senhor repousa sobre mim, porque o Senhor consagrou-me pela unção; enviou-me a levar a boa nova aos humildes, curar os corações doloridos, anunciar aos cativos a redenção, e aos prisioneiros a liberdade” (Isaías 61,1).

O Espírito do Senhor repousa sobre nós para fazer a mesma coisa que o Espírito Santo fez lá no começo da criação, onde tudo era um caos; e ao pousar ali, Ele trouxe calma, paz e beleza. Onde era morte, reinou a vida. A criação surgiu dali.

Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Muitas vezes, somos esse caos e vivemos nesse caos, porque somos criaturas humanas feitas de barro. Nós não somos ainda imagem e semelhança de Deus. Todos nós estamos sendo feitos ainda imagem e semelhança de Deus, nós estamos saindo do caos para nos tornarmos imagem e semelhança de Deus. A nossa vida é um tempo de transformação, e isso comporta sofrimento.

Cada um de nós é uma peça, e até mesmo, no projeto de Deus, cada um de nós é um peça. Você é único e Deus está agindo justamente para isso, para fazê-lo único, pois somente Ele sabe como você é. Nós somos tão tolos, que queremos ser aquilo que pensamos ser, e pior, queremos ser iguais a todo mundo.

Deus quer fazer de nós a peça de que ele precisa, não adianta querermos ser como os outros, temos de ser a peça que Deus quer que sejamos. Para essa peça se formar, é necessário muito sofrimento. A grande verdade é que, como o Espírito pairava sobre aquele caos, lá no início, agora também Ele paira sobre nós, pois a nossa obra não terminou.

Nós pedimos para Deus caminhar conosco, mas somos tão ignorantes, que não sabemos nem mesmo qual é o caminho. Deus é tão misericordioso, que nos convida a caminhar com Ele, porque, além de tudo, Ele é o caminho e faz o caminho.

Diante disso que a Palavra está nos dizendo, o Senhor requer, dentro de nós, um rendição incondicional. A vontade d’Ele não é como a nossa vontade, a vontade de Deus é o melhor para nós. Foi ele quem nos criou, não fomos nós que nos criamos. Foi Ele quem nos amou e, porque nos amou, escolheu-nos, fez-nos vir à vida e nos fez únicos.

O Senhor sabe que peça somos e para onde devemos ir, em que lugar seremos encaixados. Então, a coisa mais inteligente é nos rendermos incondicionalmente a Ele. Como Maria disse, digamos também: “Faça-se me mim segundo a Vossa palavra”. Para que o Verbo se faça carne em nós e, daí, o Verbo habite entre nós.

Deus o abençoe!

Seu irmão,

Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova

 

Adquira o livro “Eucaristia nosso Tesouro”, de Monsenhor Jonas Abib

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.