Jesus, o único juiz

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: “Sede misericordiosos, como também o vosso Pai é misericordioso. Não julgueis e não sereis julgados; não condeneis e não sereis condenados; perdoai, e sereis perdoados. Dai e vos será dado. Uma boa medida, calcada, sacudida, transbordante será colocada no vosso colo; porque com a mesma medida com que medirdes os outros, vós também sereis medidos.”(Lc 6,36-38)

Veja bem: o Senhor está sendo muito claro conosco neste dia! Colaboremos com Ele, assumindo em nós os sentimentos de Cristo, sendo canal da Sua misericórdia para com aqueles que encontrarmos nesta jornada.

Busque ver além daquilo que aparenta ser e procure contemplar no outro a obra de Deus! Ele é o nosso único juiz. Nele encontramos a solução para todas as coisas.

Antes de julgar, procure saber o que Deus quer lhe ensinar com a situação em questão. Não se esqueça de que estamos sempre aprendendo algo novo!

Seu irmão,
Pe. Jonas Abib

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.