Não podemos confiar em nossa velha natureza humana

O inimigo não desiste: se não nos seduz pela sexualidade, pelo dinheiro ou pela corrupção, ele vai tentar nos seduzir pela vaidade e pela vanglória, pela sede de sucesso, seja em que campo for.

Quando estamos a serviço de Deus, temos de tomar cuidado e ficar atentos; especialmente aqueles que cantam, tocam ou pregam e se utilizam de palco e microfone. Já estamos num ambiente propício e nossa natureza nos leva a querer aparecer, a ser reconhecidos, aplaudidos. Ou dominamos essa tendência natural ou nossa velha natureza nos domina.

Não podemos alimentar nosso ego; ao contrário, precisamos destroná-lo, porque ele é sempre vaidoso, orgulhoso, prepotente, autossuficiente, ávido de aplausos, de sucesso.

Não podemos confiar em nossa velha natureza humana. Precisamos nos mortificar. Só assim o homem novo crescerá.

Retirado do livro ‘Combatentes na provação’

Monsenhor Jonas Abib

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.