Paz é sinônimo de um coração aberto ao perdão

“Se um homem alimentar a cólera contra o outro, como poderá pedir ao Senhor a cura?” (Sr 28,3). Deus é amor e nos ama profundamente. Por isso, quando nos fechamos ao perdão, estamos negando o próprio Deus.

O Senhor nos chama a sermos misericordiosos assim como o Pai do céu é misericordioso. Diante de nossas misérias e fraquezas, como filhos de Deus precisamos ser misericordiosos para com todos os nossos irmãos. Por mais que tenham errado conosco, precisamos ser misericordiosos e perdoá-los, como Deus misericordioso nos perdoou e continua a nos perdoar.

Deus nos dá a graça de perdoar, o perdão é um presente de Deus para nós. Ele também abre caminho para a cura, porque perdão e cura caminham juntos. Quando nos abrimos ao perdão, somos restaurados por Deus e criamos alma nova. A alegria invade o nosso coração e toda tristeza é exorcizada do nosso interior.

Precisamos pedir ao Senhor um coração manso e humilde, aberto ao amor e à reconciliação. A paz é fruto de um coração que se abre ao perdão. Reze comigo hoje: ”Jesus manso e humilde de coração, fazei o meu coração semelhante ao vosso. Fazei-me viver o amor e a reconciliação.”

Seu irmão em Cristo,

Padre Jonas Abib

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.