25 anos de uma ousadia em Deus

Mensagem do mês de fevereiro/2006



Aprendi que na Bíblia há uma palavra em grego que quer dizer ousadia em Deus: a palavra é “parresia”. O Novo Testamento continuamente mostra que foi isso que tiveram os apóstolos depois de Pentecostes. Eles foram ousados, intrépidos, corajosos em Deus.

Nada os atemorizava. Nada os prendia. Ninguém conseguia segurá-los. Mas não somente os apóstolos, os primeiros cristãos também, porque eram homens e mulheres
cheios do Espírito Santo.

Tinham a mesma ousadia. Posso dizer que eles tinham a coragem de ser “atrevidos em Deus” naquilo que precisavam fazer para levar em frente uma evangelização cheia da presença e do poder de Deus.

Posso lhe dizer que foi isso que Deus nos deu quando, no carnaval de 1981, começamos com aqueles grandes encontros que se chamaram “Rebanhão”.

Você pode imaginar o que significava naquele tempo, quando aconteciam os desfiles das Escolas de Samba, os bailes de carnaval, as fantasias e todo aquele clima de folia carnavalesca, nós, numa quadra superlotada de gente, realizarmos quatro dias intensos de louvor e adoração?

Não era diversão. Não eram bailes com músicas cristãs animadas. Eram verdadeiros Cenáculos com muita oração e pregação da Palavra de Deus durante quatro dias de carnaval.

Chamamos de “Rebanhão” porque era o encontro do grande rebanho do Senhor, e muita gente que estava longe de Deus e da Igreja era arrebanhada de novo. Era uma verdadeira ousadia em Deus. Pelos Rebanhões muitos voltaram ao rebanho.

Nós começamos realizando os Rebanhões na cidade de Cruzeiro-SP. Mas, depois de poucos anos, era tanta gente vinda de todo Brasil que não cabia mais em nenhuma quadra e não havia mais possibilidade de hospedar a todos.

Tivemos então um outro ato de ousadia: pedir às pessoas que vinham de longe, com trinta, quarenta ônibus, que não viessem mais; ao contrário, começassem a fazer o Rebanhão em sua própria cidade.

Inicialmente foi um choque para as pessoas. Mas os efeitos vieram muito rapidamente. Várias cidades começaram a organizar encontros semelhantes chamando-os de Rebanhão ou lhes dando outros nomes.

Hoje, pelo Brasil todo, acontece esta realidade que continua chamando a atenção: milhares de pessoas que em pleno carnaval se reúnem para quatro dias de louvor e adoração.

O mais lindo é que muitíssima gente, por esses encontros nos dias de carnaval, sai da “carne” e vem para o Espírito, retorna para o rebanho do Senhor.

Neste carnaval, quando completamos 25 anos de Rebanhão, quero que haja encontros lindos e fervorosos em toda a parte, mas precisamos também fazer um grandíssimo Rebanhão no Novo Rincão, para celebrar esses 25 anos de ousadia em Deus.

Quero e peço sua presença. Convido você e os seus companheiros de cidade ou grupo a organizar caravanas para virem e assim festejarmos juntos.

Atualmente, nós temos uma “quadra” que comporta todos os que vierem. A cidade de Cachoeira Paulista tem possibilidade de hospedar muitíssimas pessoas. Nosso parque
de camping também é suficientemente estruturado.

Venha. Traga muitos outros. É hora de você colocar em prática sua ousadia. Seja “atrevido” em Deus… e Ele não se deixará vencer em generosidade.

Padre Jonas Abib

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.