A adoração pode ajudar a superar a depressão

Superar a depressão nem sempre é fácil, mas se render à adoração pode ser uma grande ajuda

No fundo, a depressão é como a vertigem, o desmaio: a pessoa sofre tanto no seu psicológico, conscientemente ou não, sente uma pressão tamanha sobre ela, que acaba entrando em depressão. Isso é terrível, porque, nessa enfermidade, a pessoa continua vendo tudo, a vida continua, mas ela não consegue reagir. A receita para sair da depressão é, mesmo nela, adorar a Deus. Adoramos o Senhor em espírito e verdade, muitas vezes, no problema, no desespero, na hora que não aguentamos mais.

O fato é render-se diante de Deus, mesmo na falta de vontade de estar com Ele. Depressão é dor da alma, por isso, neste momento, renda-se ao Pai. Adoração é rendição, não é preciso palavras. Entregue-se no lugar certo, pule no colo de Deus em vez de pular no nada. Rendendo-se a Ele, fique n’Ele. Durante a depressão, existe a vontade de ficar no vazio, mas fique no Senhor. Achamos que, na adoração, precisamos falar com o Altíssimo, mas o real valor é adorá-Lo em espírito e verdade, mesmo sem nenhum sentimento.

Deixe Deus abraçar você e abrace-O no seu nada. Dessa forma, o nada abraça o Tudo, e é certo que o Tudo transforma o nada, para que ele saia do nada e tudo se faça novo.

Seu irmão,

Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.