Maria, a compadecida

Maria se padece conosco, que somos seus filhos

A palavra “compadecida” vem do verbo compadecer-se, que significa “padecer com”. As mães entendem perfeitamente isso, pois, quando os filhos adoecem, independentemente da idade, o que eles padecem elas também padecem. O filho sofre no corpo; a mãe, no coração. Muitas vezes, gostaríamos de pedir ao Senhor que tivéssemos a dor no corpo no lugar de nossos filhos.

Que mãe teve um filho numa gruta, no meio dos animais, fazendo uso daquela palha, sem higiene nenhuma, para colocar o filho recém-nascido no mundo? Depois, a fuga para o Egito, a fim de que Herodes não matasse Jesus.

Perto da cruz de Cristo, junto de Maria Madalena, Nossa Senhora pôde se aproximar e ver tudo de perto. Ela viu Lhe tirarem as vestes, pregarem-No na cruz, passou todo sofrimento durante aquelas três horas, vendo seu Filho pedir perdão ao Pai por aqueles que O fizeram sofrer.

Foto: Paula Dizaró/cancaonova.com

Houve um momento importante em que Jesus, ao ver a Mãe junto do apóstolo a quem amava, disse-lhe: “‘Mulher, eis aí teu filho’. Depois disse ao discípulo: ‘Eis aí tua mãe’. E dessa hora em diante, o discípulo a levou para a sua casa” (João 19,26b-27). É isso o que o Senhor está dizendo mais uma vez à Virgem das Dores. Ele está apontando para você e dizendo a ela: “Mulher, eis aí o teu filho”.

Ao chamá-la de “mulher”, Jesus está recordando que Maria era a mulher do Gêneses, a mulher das Bodas e também do Apocalipse. Jesus a chamou assim, porque, naquele momento da crucificação, Ela era a mulher que estava esmagando a cabeça da serpente.

Meus irmãos, Maria quer esmagar a “serpente” na sua vida. Ela quer ver você perto de Jesus, e para isso precisa pisar na cabeça da serpente. Maria não quer que você caia em tentação, embora saiba que tenha propensão ao pecado.

Hoje, Ela está lhe dizendo que é possível vencer a tentação. O que você vai fazer agora? Entregue sua vida a Jesus, entregue-se a Ele. Renuncie a satanás, ao pecado. Viva o PHN.

“Senhor, muitas vezes, o pecado tem me vencido, mas eu não quero pecar, por isso renuncio a ele e me entrego a Ti. O Senhor é o meu Salvador. Tem compaixão de mim, assim como Maria se compadeceu de teu sofrimento. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.”

Deus o abençoe!

Seu irmão,

Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova

 

Adquira o livro “Mulher do Gênesis ao Apocalipse” de Monsenhor Jonas Abib

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.