O pecado escraviza, a verdade liberta

O rei Nabucodonosor mandou escolher três jovens judeus fortes. Ele mandou construir a imagem dele feita de ouro, a qual todos eram obrigados a adorar, mas aqueles jovens judeus não iriam adorar a estátua do rei, e respondem a ele: “Se o nosso Deus, a quem rendemos culto, pode livrar-nos da fornalha de fogo ardente, ele também poderá libertar-nos de tuas mãos, ó rei. Mas, se ele não quiser libertar-nos, fica sabendo, ó rei, que não prestaremos culto a teus deuses e tampouco adoraremos a estátua de ouro que mandaste fazer” (Dn 3, 17-18).

O rei ficou furioso com a firmeza daqueles jovens, por causa disso mandou acender a fornalha ardente e jogar os três dentro dela. Por três dias os guardas ficaram vendo que os jovens estavam ilesos e repararam também que havia um jovem a mais com eles. O rei, informado disso, foi às pressas para lá e viu que era verdade. Era um anjo do Senhor que foi enviado aos jovens.

Essa história é como uma parábola que nos mostra que, a cada dia, estamos mais próximos da vinda do Senhor, mas também do anticristo que vai procedê-lo, governar o mundo inteiro e querer que adoremos a sua estátua. Desde o livro de Daniel, Deus está nos preparando para que nenhum de nós caia na tentação.

Precisamos agüentar firmes, Deus vai guardar os seus. Hoje é dia de colhermos d’Ele esta verdade, especialmente você que é jovem, precisa adestrar-se e ser firme. Você, jovem, não foi feito para fazer todas as estripulias, mas para ser forte e firme como aqueles jovens do livro de Daniel.

É um erro total quando os pais consentem com o comportamento errado dos seus filhos. Quantos jovens por recuperar, quantos estão por aí perdidos! O pecado é como uma picada de cobra que tem um veneno que leva à morte. Aquele que entra pelo caminho do pecado, acaba tornando-se escravo dele. Quantos jovens dizem que são livres, mas, na verdade, estão se tornando escravos do pecado, do vício, do álcool, escravos da própria sexualidade. Quantas meninas existem por ai que não vivem sem fazer sexo. A coisa mais linda que Deus criou foi a sexualidade, um meio maravilhoso que foi dado por Ele para o casal se unir, mas o inimigo pegou a coisa mais linda que Deus nos deu e jogou na lama.

Você que é jovem, tem toda a oportunidade de livrar-se desse vício que está o estragando. É preciso ser franco, porque o próprio Jesus vai dizer no Evangelho de hoje “Se permanecerdes na minha palavra, sereis verdadeiramente meus discípulos, e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” (Jo 8,31-32).

A Canção Nova é um meio de evangelização, especialmente para os jovens, mas Deus foi estendendo isso aos adultos. Nós somos evangelizadores e vivemos para isso. Não podemos nos enganar com as falsas liberdades. Os pais precisam ter muito juízo e não facilitar as coisas para seus filhos. Quanto pai, quanta mãe permitindo que seus filhos durmam no quarto da namorada com toda liberdade. Perderam totalmente a noção de paternidade, de filiação e de sexo. É possível reverter essa situação, mas é preciso que muitos assumam a verdade da Palavra de Deus.

“Se permanecerdes na minha palavra, sereis verdadeiramente meus discípulos, e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” (Jo 8,31-32). É isso o que Deus quer para você e para muita gente. Una-se a nós.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Padre Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.