Precisamos ter fé e levar a sério nossa salvação

O Dia do Senhor se aproxima, precisamos ter fé

“Muita gente da Judeia, de Jerusalém, da Idumeia, do outro lado do Jordão, dos territórios de Tiro e Sidônia, foi até Jesus, porque tinha ouvido falar de tudo o que ele fazia. Com efeito, Jesus tinha curado muitas pessoas, e todos os que sofriam de algum mal jogavam-se sobre ele para tocá-lo. Vendo Jesus, os espíritos maus caíam a seus pés, gritando: ‘Tu és o Filho de Deus!”  (Marcos 3,8.10-11).

Arquivo CN/cancaonova.com

Até os espíritos maus, que possuíam muitas pessoas, estavam lá [entre a multidão] chamando por Jesus. São todos nossos irmãos, mas que entraram pelos caminhos errados. Nós, que temos a graça de conhecer o Senhor, não podemos os desprezar, mas querer que eles encontrem o Deus vivo. Devemos permanecer na verdadeira religião, n’Aquele que é o único Deus verdadeiro (cf. João 17,3) como disse o Apóstolo João. É nessa verdade que eu e você precisamos permanecer.

“Eis que venho fazer, com prazer, a vossa vontade, Senhor!” (Sl 39). Esse Salmo nos mostra que quem diz isso é Jesus quando Ele entrou neste mundo. A vontade de Cristo é a mesma de Deus. Precisamos descobrir qual é a vontade d’Ele para nós e sabermos o que Ele quer e o que não quer de nós. Mas há uma vontade básica que o Senhor quer a nosso respeito: Está no Evangelho de São João, capítulo 6, versículos 38 e 39: “Pois desci do céu não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou. Ora, esta é a vontade daquele que me enviou: que eu não deixe perecer nenhum daqueles que me deu, mas que os ressuscite no último dia”.

Tenha a certeza de que Deus deu Jesus a você e Ele recebeu a sério a incumbência dada pelo Pai de não o deixar perecer. Por isso, você não pode se perder, pois o Pai o entregou a Jesus por não querer perdê-lo. Nós precisamos levar isso a sério, por essa razão precisamos fugir do mal e lutar continuamente. Você não pode esmorecer, porque a luta é dura e você precisa levar a sério a sua salvação.

Não sabemos como será, mas a vinda do Senhor está mais perto do que nunca. Por isso precisamos viver como se Ele viesse hoje; portanto, na graça de Deus, longe de todo pecado, permanecendo nessa luta. É tudo muito sério. No mundo em que estamos vivendo tão sem Deus e sem crença, que sem esperança cai em desespero, precisamos ter fé e levar a sério a nossa salvação, sabendo que o “Dia do Senhor” se aproxima, pois ou Ele vem ou nós vamos.

Nosso Senhor Jesus Cristo está sempre vivo para interceder por nós, por você, por cada um dos seus, porque tanto quanto Ele não quer que você pereça, também não quer que nenhum dos seus pereça. Jesus está no céu com os braços abertos, apresentando ao Pai as nossas chagas, para que nós não nos percamos.

Seu irmão,

Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.