A música em minha vida

Eu era garoto, de 12 a 13 anos e na festa de Santa Cecília, 22 de novembro, que é padroeira dos músicos e do canto sacro, e fiz este pedido na hora da bênção do Santíssimo Sacramento, com simplicidade de criança: “Senhor, se a música for importante para mim quando eu for padre, abra as portas para que eu a aprenda”. Houve uma resposta imediata. Naqueles dias vieram nos perguntar quem gostaria de aprender instrumentos da banda. Havia banda no seminário e fui aprender requinta, um instrumento bem semelhante à clarineta: o instrumento mais agudo da banda. Já comecei tocando.

Estávamos próximos do Natal. Era preciso reforçar o coral. Fizeram-me o convite para fazer parte dele. Fiz o teste, entrei e já comecei a cantar naquele Natal. No mês de janeiro, perguntaram quem queria aprender a tocar piano. Fui aprender piano. Era o Senhor investindo em mim.

Nem imaginava o que o Senhor iria fazer comigo a partir da música. Deus não estava investindo em mim à toa! Ainda menino, cantava canto gregoriano, que é o melhor preparo para a voz. Deus investiu em mim! Não imaginava até que ponto Ele queria investir em mim. Sei que no decorrer da minha vida joguei fora muita coisa, infelizmente, deixei-me “castrar” em tantas coisas! Mas o Senhor continuou investindo em mim – de maneira especial quando me batizou no Espírito Santo em 1971. Houve uma guinada total.

Veja o resultado! Não falo em disco gravado, em programas de rádio, de televisão. Isso é o de menos. Veja o que é a Canção Nova. O que Deus fez por meu intermédio. Dizendo isso, não estou me exaltando, ao contrário: estou exaltando o Senhor. Sei como sou pequeno, como joguei fora e estraguei muitos dotes que o Senhor me concedeu. O Senhor é infinitamente poderoso e fiel. Remodelou-me e reverteu tudo, graças a Deus. Está aí o resultado! Se fosse mais fiel, o resultado seria ainda maior.

Você não imagina as dimensões do investimento que o Senhor tem para a sua vida! Quando Ele investe, tem em vista objetivos. Não pense apenas no instrumento que você toca e na voz que tem. Deus quer usar também da sua musicalidade, dos seus dotes artísticos. Deus quer usar você como um todo!

Santa Cecília, rogai por nós!

Seu irmão,

Monsenhor Jonas Abib

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.