Aprendamos a ser pobres como Maria

Maria apareceu em muitos lugares: Lourdes, Fátima, La Salete… Mas, no Brasil, o Senhor quis que ela “aparecesse” através de uma imagem. A imagem é uma representação plástica, que se torna uma linguagem forte. A linguagem visual. O importante é que a imagem seja autêntica, isto é, que transmita a mensagem que ela traz.

A nossa Padroeira, Nossa Senhora Aparecida, apresenta-se no Brasil por meio de uma imagem. O nosso povo é pobre. Muitos não sabiam ler naquela época. Hoje, ainda é grande o número de analfabetos. E mesmo aqueles que sabem ler, não sabem ler as coisas em profundidade. Todos, porém, precisam de imagens que lhes fale forte. A imagem evangelizadora, que Deus usou no Brasil, foi a tão simples e pequena imagem de Nossa Senhora Aparecida.

Na sua humildade, Maria se coloca sempre pequena. Por isso, Deus a fez grande e realizou nela maravilhas. Ela é a pobre do Senhor. E porque assim se fez, o Senhor olhou para sua pequenez, para sua humildade, e nela fez maravilhas. A partir disso, Maria pôde profetizar: “Todas as gerações me proclamarão bem-aventurada”. É isso o que diz no seu cântico. Aprendamos com Ela, imitemos Maria.

Seu irmão,

Pe. Jonas Abib

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.