Como vencer o desânimo?

Não quero minimizar seu problema, mas vencer o desânimo é uma decisão pessoal. Talvez você pense que seu problema seja impossível de ser resolvido, e aí está o mais importante: para que Deus possa agir em sua vida é preciso que você acredite n’Ele, O acolha e decida-se a mudar.

Surgem tristezas durante a vida, traumas e marcas, situações que não aceitamos, que ferem profundamente nosso ânimo. Sofrimentos que chegam quando menos esperamos, como o falecimento de alguém, o diagnóstico de uma doença, as dificuldades na família, com o filho, a filha, o marido, a esposa, os pais… Situações que, às vezes, nos decepcionam. Por algum motivo qualquer a tristeza pode aparecer, mas você não pode se entregar a ela.

“Não entregues tua alma à tristeza, não tormentes a ti mesmo em teus pensamentos.” (Eclesiástico, 30-22)

A pessoa paga um alto preço quando se entrega ao desânimo. A entrega de si às doenças da alma desarticula tudo e se transforma em preocupação. Assim, a vida se transforma num inferno, e não é assim que você merece viver.

Seu irmão,

Monsenhor Jonas Abib

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.