Não se deixe abater!

A primeira coisa que acontece quando estamos afastados de Deus é perder a alegria. Assim, a vontade divina do “estai sempre alegres” não é realizada. E nisso a tristeza nos pega. Mas no momento em que fazemos as pazes com o Senhor, a alegria invade nosso coração novamente.

É a própria Palavra de Deus que nos afirma “a alegria é um inesgotável tesouro de santidade. A alegria do homem torna longa a sua vida” (Eclo 30, 23b-c). Essa é uma grande verdade. E o contrário também, pois a conseqüência das decepções e tristezas é a morte. Por isso, a Palavra de Deus nos ordena:

“Afasta a tristeza para longe de ti, pois a tristeza matou a muitos” (cf. Eclo 30, 22-27). E para estar sempre alegre é necessário dar graças em tudo e orar sem cessar. Assim, você ficará cheio de vida, e a tristeza estará longe. Fomos criados para o louvor, a adoração e a ação de graças, por esta razão, nada nos satisfaz realmente, a não ser as coisas do alto. Esse é o maior desejo do coração de Deus a nosso respeito.

“Estai sempre alegres, orai incessantemente, dai graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus a vosso respeito” (1 Tes 5, 16-18).

Enquanto estivermos na terra, problemas sempre existirão como nos ensina Jesus. Pode ser que falte tudo: dinheiro, saúde, comida…, mas o que não pode faltar é a alegria: ela é a força que mantém a família unida.

Seu irmão,

Padre Jonas Abib

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.