Nossa sexualidade não pode ser profanada!

A paternidade e a maternidade são coisas sagradas e santas. Por isso não pode haver infidelidade nem adultério entre o casal. Não pode haver profanação do matrimônio realizado em Deus.

Para arrasar com seu casamento, o inimigo de Deus quer arrastar você para a infidelidade. Ele o arrasta para a vaidade de se sentir capaz de seduzir e conquistar alguém. Mas é preciso ter olhar espiritual e enxergar que é o maligno quem quer acabar com você e com seu casamento, seja você homem ou mulher.

Deus nos deu a sexualidade não para ser profanada. Assim como nenhum de nós é louco de usar seringas contaminadas, também não podemos ser loucos de permitir que o inimigo profane um dom tão precioso como a nossa sexualidade. Se você entrou nessa, precisa fazer logo uma boa confissão e começar a viver uma vida de castidade. Só através da Santíssima Eucaristia, comungando freqüentemente e adorando Jesus no Santíssimo Sacramento é que conseguiremos força para prosseguir numa vida de santidade.

Ou santos ou nada!

Seu irmão,

Monsenhor Jonas Abib

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.