O Reino do Céu é feito pelos 'violentos'

Se nós somos do Senhor, o mal tenta nos destruir de todas as formas. Nós não podemos ‘paparicar’ o demônio, pois hoje muitos cristãos estão lhe dando a “comida” de que ele gosta, ao assistir, ler ou ver conteúdos pornográficos e anticristãos, ou participar de negócios ilícitos, imorais e desumanos. Eu lhes digo, meus filhos, não é possível viver dessa forma, assim vocês matam o seu casamento, destroem a si mesmos e dão contra-testemunho a seus filhos e à sociedade, não agindo como deveria agir um verdadeiro cristão.

Se você ingere só porcaria, com certeza, seu hálito e seu organismo serão terríveis. O seu estômago, o seu hálito e o seu coração dependem do que você “ingere” física e espiritualmente. Você se alimenta do que você escuta. Por isso, cuidado com o que você está ouvindo. E eu lhe pergunto: com o que você alimenta o seu interior?

Não basta ser da Igreja, participar de pastorais, de grupos de oração e outros movimentos. É preferível você sair da Igreja a viver o “meio termo”, sendo “morno” como nos ensina a Palavra. Há muitos que levam a vida de qualquer maneira no que diz respeito às coisas da Igreja. Não façam isso, meus filhos!

E os seus olhos estão sendo alimentados de quê? Tudo o que entra pelos nossos sentidos fica gravado em nosso subconsciente. Para o nosso inconsciente não existe passado nem futuro, só presente. Nós não podemos alimentar o demônio e depois querer ser cristãos, querer ter pureza de coração. Isso não é possível.

A graça que vivemos neste tempo é admirável. Hoje somos encharcados da graça do Espírito Santo. O Senhor nos faz mergulhar, livremente, n’Ele [Espírito Santo] e nos dá toda a possibilidade de vivermos a pureza. Por essa razão, o inimigo de Deus está atacando a nossa pureza como nunca, mas você precisa ser coerente, não pode continuar “ingerindo porcaria” pela boca, pelos ouvidos, pelos olhos, pelo tato. Ingira coisas boas, vindas da Palavra de Deus. Eu sei que é mais gostoso assistir a um filme do que ler a Bíblia, mas é preciso usar de violência com nós mesmos: lembrem-se do que nos disse o apóstolo Paulo: “Não vos enganeis: nem os impuros, nem os idólatras, nem os os adúlteros, nem os efeminados, nem os devassos, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os difamadores possuirão o Reino do Deus” (I Cor 6: 9b-10).

O Reino do Céu é feito pelos violentos. Estamos aqui para ser homens e mulheres novos para um mundo novo.

seu irmão,

Padre Jonas Abib

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.