O verdadeiro exercício do perdão

Não temos o direito de ficar magoados com as pessoas que nos ofenderam, nos feriram… Não podemos ficar ressentidos e querer mal à pessoa, porque fez algo errado. Se agirmos assim, estaremos nos matando.

Quando você não perdoa, você está se asfixiando. Não se trata de ter o direito de não perdoar, porque foi a pessoa que errou. O direito que você tem é o de viver, não o de morrer. O ressentimento mata! Mata a alma e o corpo.

Precisamos estar com o coração totalmente aberto para que flua abundantemente. É preciso ter a coragem de vencer os ressentimentos, as mágoas, os rancores, a raiva. É necessário romper com todos esses sentimentos negativos. Eles geram doença; geram a morte!

Seu irmão,
Padre Jonas Abib

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.