Perdoar é um presente de Deus

Perdoar é um presente de Deus. É uma porta de graças. Sempre teremos necessidade de perdoar. Quantas vezes devemos perdoar? É preciso fazê-lo sempre.

Assim como temos dificuldade em perdoar as pessoas, elas também sentem a mesma dificuldade em perdoar as nossas faltas.

A partir do momento em que nos decidimos a perdoar, somos curados e restaurados no amor; recuperamos a alegria e a paz.

Quando perdoamos, não estamos fazendo papel de bobos, nem estamos compactuando com o erro dos outros. Ao contrário: perdoar é algo muito concreto. Sei que a pessoa errou comigo; experimento a injustiça que foi feita comigo, sei quanto isso me feriu e como doeu; mas, apesar de tudo, de olhos abertos para a realidade, eu perdoo.

Deus o abençoe

Seu irmão,
Monsenhor Jonas Abib

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.