Viver sempre reconciliado

Viver reconciliado = contínuo perdoar e ser perdoado! Somente o estar enxertado no cepo, nos traz a graça reconciliadora, ou seja, morrer para si mesmo a cada instante. Ter os olhos fixos no Senhor, no próprio coração de Jesus onde não há sombra de ressentimento, amargura ou volta para si mesmo. O coração de Jesus é todo amor, n’Ele está a fonte de toda a unidade e aceitação do outro, porque Ele nos aceita como somos.

Entre eu e o meu irmão está Jesus. Ele continua a defender cada filho seu, como defendeu a mulher adúltera: “Se você nunca pecou atire a primeira pedra”. Sempre Deus deve estar em primeiro lugar, depois o irmão, esta é a perfeição do verdadeiro perdão: “Tudo que passa primeiramente por Deus se santifica, do contrário é um mero ato humano, que traz simplesmente alívio e acomodação humana; o verdadeiro perdoar e ser perdoado, gera vida nova e comunhão de coração”.

A exemplo de Jesus que vive sempre reconciliado; Ele foi crucificado, mas mesmo assim, se reconcilia com o homem, pois se dá como alimento na Eucaristia. Ele que no alto da cruz diz: “Perdoai-lhes porque não sabem o que fazem”.

Seu irmão,
Pe. Jonas

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.