Voltando ao primeiro amor

Lembra-se da época em que você se converteu? De quando foi batizado no Espírito Santo? Você orava com gosto e espontaneidade, sem medo ou vergonha, sempre encontrava tempo para fazê-lo. Buscava constante e ardorosamente os dons do Senhor, o estudo da Palavra de Deus. Em seu coração havia caridade, amor, perdão; não havia sentimento de rivalidade, inveja, ciúme… O que aconteceu? Abandonamos o primeiro amor.

É urgente que voltemos ao primeiro amor. Por isso está escrito em Baruc: “Quisestes apartar-vos de Deus. Ponde agora dez vezes mais zelo em procurá-lo!” (Baruc 4, 28). Não por obrigação, mas por amor! Porque Jesus é o Senhor e precisamos ser totalmente d’Ele. Porque estamos numa batalha. E nessa batalha ou somos de Deus ou o inimigo nos arrasta.

Para isso, peçamos ao Senhor a unção do Espírito Santo para readquirirmos o fervor, a coragem, o ânimo e o amor que tínhamos no início.

Seu irmão,

Monsenhor Jonas Abib

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.