Em batalha com os Arcanjos

Nós precisamos da ajuda dos santos arcanjos

Hoje, é o dia dos três arcanjos, Gabriel, Rafael e Miguel. No Evangelho deste dia, Jesus diz: “Vereis o céu aberto e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do Homem” (Jo 1,51).

Jesus gostava de se chamar assim, Ele assumiu a natureza humana. O Senhor virá em glória, Seu poder é eterno, não será tirado; no dia de hoje, a Palavra mostra a exaltação de Jesus.

Ele viveu como um simples servo, morreu na cruz e, por ter sido obediente, foi exaltado. A Igreja mostra Jesus triunfante, vitorioso, que morreu na cruz, mas venceu e vai vir em glória. É para esse Jesus que nos voltamos hoje.

A luta do inimigo não é contra nós, mas contra Jesus. Na Palavra de Deus, vimos que lúcifer era um anjo de luz, belo. Quando Deus revelou para ele que o Seu Filho Jesus viria ao mundo, não glorioso, mas sim para morrer na cruz, o demônio ficou decepcionado e, em seu orgulho, disse que não servia, sendo que ele foi criado para essa missão e não a aceitou.

Uma vez decidido, ele acabou rejeitando tudo, a sua verdadeira missão tornou-se o que é hoje, o contrário de tudo que ele foi.

Ele fez de tudo para acabar com o Filho de Deus. Jesus foi perseguido, desde o Seu nascimento até no ato da cruz, porém, pela Sua obediência ao Pai, acabou com a desobediência do demônio. Assim, abriu as portas da salvação, fazendo nascer o povo de Deus, o cristianismo.

Agora, a luta dele é contra os Seus seguidores, por isso, quanto mais seguimos Jesus, mais ele vem contra nós, e até nos pergunta: “Parece que, agora que estou seguindo Deus, as coisas estão piorando para mim”. E isso é verdade!

O inimigo de Deus não quer que sigamos Jesus. Quando vivemos no pecado, o demônio não se preocupa, porque somos dele, mas porque seguimos Deus, ele vem com toda força contra nós. E começamos a nos revoltar contra Ele. É isso que o inimigo quer. É uma guerra desleal, mas é uma guerra. O Evangelho de João 1 tem como objetivo proclamar a vitória de Jesus e que com Jesus venceremos.

Meu irmão, ainda estamos em batalha, e até a nossa morte ou a vinda do Senhor, a perseguição continuará. É bom que nós cristãos entendamos isso. A batalha do demônio é contra Jesus, seus seguidores, e Maria também.

Que bom é estar numa batalha e sabermos que já somos vitoriosos! Pena que nós cristãos não olhamos para isso e paramos no problema, nas dificuldades.

Resta pouco tempo para o demônio, por isso ele está furioso, pois a vitória é de Jesus. Acabou a chance do inimigo, mas ele é mal e, mesmo sabendo que é vencido, vem com todas as forças para cima de nós. A luta não vai acabar. Por isso, precisamos da ajuda dos santos arcanjos.

Deus cercou-nos de anjos, eles estão conosco. Precisamos deles, de sua intercessão. Eles lutam conosco. No seu trabalho, em sua família, Deus colocou vários anjos. Mas, infelizmente, queremos lutar sozinhos e, assim como existem miríades de anjos, há de demônios, e sozinho não conseguiremos vencer.

Somos do Senhor, somos alvos do inimigo, por isso necessitamos dos anjos. Este é o dia de nos unirmos a eles, buscando sua ajuda. É uma batalha que os arcanjos enfrentam, porque o demônio sabe que pouco tempo lhe resta. É importante que tenhamos essa convicção de que Deus mandou anjos para nos proteger. É uma batalha que sozinho não podemos vencer.

Obrigado, Senhor, porque eles estão conosco! Senhor aumenta a nossa fé.

Deus o abençoe!

Seu irmão,

Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova

 

Adquira o livro “Anjos companheiro do dia a dia” de Monsenhor Jonas

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.