O mundo precisa de nossa fidelidade, obediência e amor

Imagine a situação de José, quando sua noiva, Maria, volta – já com sinais claros da gravidez, não sabendo como explicar. Ele confiava nela e mais que isso: ele a amava profundamente. Imagine como ele sofreu ao saber disso. Ainda mais naquele tempo em que os costumes eram mais conservadores e existia um costume cruel: a mulher que engravidasse de outro homem, que não o marido, era apedrejada.

O Evangelho revela que o Senhor vem em auxílio de José e durante o sonho um anjo lhe aparece e explica tudo: «O que ela concebeu é obra do Espírito Santo» (Mateus 1, 20ss). Você acreditaria em um sonho assim? José acreditou. Acreditou porque amava a Deus e era obediente, e, assim, fez o que anjo lhe havia dito e aceitou Maria como sua esposa. Além de ser um homem de fé era também obediente a Deus.

Meus irmãos, esta é a Palavra de Deus para todos nós: precisamos ser homens e mulheres de fé, obedientes a Deus. O Senhor tem as rédeas do mundo nas mãos. Acredite n’Ele, Ele é Deus, é Todo-poderoso, nos ama e é cheio de misericórdia, por isso é importante ser-Lhe obediente.

Infelizmente, muitos de nós cristãos freqüentamos a igreja, oramos e conhecemos a Palavra de Deus, mas, na prática, somos desobedientes aos Mandamentos d’Ele. Graças a Deus José foi obediente! Imaginem o que nos teria acontecido se ele não o tivesse sido.

Está na hora de amarmos realmente os nossos companheiros, filhos, pais, familiares, amigos e nos entregarmos por eles. Que sejamos mais fiéis, honestos, amorosos e solidários! Porque hoje o mundo está nos ensinando lições de infidelidade, de egoísmo, maldade… Parece que ser assim é normal. Não, não o é para um verdadeiro cristão!

Por isso, irmãos: ou santos ou nada!

Seu irmão,

Monsenhor Jonas Abib

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.