O sonho de dom Bosco

Dom Bosco teve sonhos proféticos. Um deles foi assim: ele viu a barca da Igreja em meio a uma grande tempestade: ondas encapeladas, um vento terrível. Na frente da barca da Igreja estava o Papa, de braços abertos, conduzindo-a. Atrás dele estava a cristandade enfrentando toda aquela tempestade.

Então, Dom Bosco observou que o Papa estava conduzindo a barca para uma direção. E viu duas colunas. Em cima da coluna menor estava a imagem de Nossa Senhora, e em cima da coluna mais alta estava a Eucaristia. Quando a barca da Igreja se colocou no meio daquelas duas grandes colunas, todo o mar se acalmou! O que Jesus afirmou aconteceu:

“E Eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela” (Mateus 16, 18).

Esse sonho é profético! Se a barca da Igreja, hoje, está nessa tempestade, é porque a família está em tempestade! A Igreja é formada pelas “Igrejas domésticas” que são as nossas famílias. E o Papa está conduzindo a barca da Igreja, a barca das nossas famílias, na direção de Maria e da Eucaristia. Nunca houve um Santo Padre que insistisse tanto nesse assunto como o saudoso João Paulo II. Ele (assim como todos os Papas que existiram e agora Bento XVI) conduziu e agora Bento XVI continua conduzindo a família, em meio a essa tempestade, na direção certa. É preciso que estejamos com o Papa, o sucessor de Pedro e o representante de Jesus Cristo na terra!

Seu irmão,

Monsenhor Jonas Abib

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.