A oração com o coração: o Rosário

O Rosário é treinamento para adquirir “fôlego” na oração

Nossa Senhora pede que rezemos, todos os dias, a oração do Rosário – quatro terços – meditando os mistérios gozosos, dolorosos, gloriosos e luminosos. A meditação vai desde o mistério da anunciação do Anjo Gabriel à Nossa Senhora (…) a Instituição da Eucaristia, até a  coroação da Santíssima Virgem como Rainha do Céu e da Terra.

O Rosário é um “treinamento” que levará você para a oração com o coração. Quanto mais você anda, mais adquire fôlego e facilidade para andar, não é mesmo? É assim também com qualquer outro esporte. Quanto mais você treina, melhor fica!

Por que o Rosário inteiro, quatro terços? Não seria suficiente rezar um terço? Se você não reza nem o terço todo dia, comece pelo terço. Mas veja: quem faz caminhada ou corrida sabe que a distância e o tempo são fundamentais.

Percorrer uma pequena distância em um tempo curto não resolve nada: é perda de tempo; o Rosário é treinamento para adquirir “fôlego” na oração. Rezar o Rosário todos os dias vai treinar você na oração. Ele será o treinamento para rezar com o coração.

Deus o abençoe!

Seu irmão,

Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.